Portugal é a nova tendência dos Estados Unidos

lisbon-tram-streetsOs países europeus são os favoritos há muito tempo para se mudar para o exterior, sobretudo, por norte-americanos. Além de oportunidades de trabalho e da distribuição geográfica da Europa, a grande aceitação de estrangeiros também está entre as vantagens e motivos de quem busca viver no continente.

O país que está chamando atenção entre as diversas opções existentes na Europa é Portugal. Segundo o Google Trends, a terra lusitana disparou em popularidade entre todos os outros grandes destinos europeus nas buscas nos últimos meses, pelo termo “moving to Portugal” (mudando-se para Portugal). Além disso, as pesquisas online nos Estados Unidos por “imóveis em Portugal” seguem em crescimento, competindo pela primeira vez com a Itália.

A demanda de candidatos norte-americanos interessados ​​em Programas de Residência e Cidadania por Investimento (RCBI) aumentaram nos últimos anos, em que a quantidade de investidores norte-americanos que representava apenas 5,2% dos requerentes de Golden Visa de Portugal em 2019, aumentou para quase 20% em 2022. Segundo estatísticas do Golden Visa de Portugal, 2022 pode ser um dos melhores anos para o Programa Golden Visa Português, em que junho deste ano, o país recebeu cerca de €77 milhões de investimento externo através do programa, representando um aumento de 113.7% comparado a junho de 2021.

lisbon-square

O Governo Português publica, mensalmente, uma lista dos 5 países que obtiveram o maior número de Golden Visa, e de janeiro até julho deste ano, os Estados Unidos se mantiveram no Top 5 dos países que mais obtiveram o visto. Esse tipo de autorização possui sete categorias, sendo a mais popular a concessão da residência portuguesa em troca de investimento imobiliário, e o programa vem contribuindo para a economia de Portugal todos os anos, em que os investimentos estrangeiros diretos no país, apenas em junho deste ano, foram de cerca de €6.4 bilhões.

Não é por acaso que o número de residentes norte-americanos em Portugal aumentou 45% no ano passado e está no nível mais alto em mais de uma década, segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). De acordo com um artigo do The Wall Street Journal, segurança, saúde, clima, baixo custo de vida, incentivos fiscais, renda e usufruir melhor dos valores de suas aposentadorias em lugares com custo de vida mais baixo são algumas das razões da escolha dos residentes dos EUA por Portugal. O jornal também afirma que os preços aos consumidores são 40% mais baixos no país português do que em terras norte-americanas.

Lisbon port

Além de ser apelidado como “a Califórnia da Europa”, com a diferença de que as praias e temperaturas em território português podem ser aproveitadas sem os preços praticados no estado norte-americano, o país lusitano incentiva a imigração. Portugal concede aos estrangeiros uma redução fiscal ao abrigo do chamado Regime Fiscal para o residente não habitual (IRS), em que os novos residentes estrangeiros estão isentos de imposto sobre qualquer rendimento tributável que recebam do exterior. Ou seja, o residente estrangeiro recebe a isenção de pagar impostos sobre os rendimentos que auferir de empresas de outros países durante dez anos, desde que seja tributado no país de origem.

Portugal é um país recheado de vantagens para aqueles que decidem o chamar como lar, e a facilidade de obtenção de um visto português torna-o uma das opções mais populares para os estrangeiros que procuram um passaporte europeu.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.