O novo Secretário interino da Segurança Interna dos EUA deve trazer mais profissionalismo, experiência e eficiência nas avaliações de petições do USCIS

Em 2 de fevereiro de 2021, Alejandro Mayorkas foi nomeado como o novo Secretário interino da Segurança Interna dos Estados Unidos. Em sua experiência profissional, Mayorkas trabalhou como diretor do USCIS -Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (2009-2013) durante a administração Obama, e, em seguida, atuou como vice-diretor do próprio DHS – Departamento de Segurança Interna ( 2013 – 2016). Durante esses anos, Mayorkas trouxe expertise, profissionalismo, e transparência ao departamento. “Este é um perfil com foco em EB-5 e imigração. Ele tem muito conhecimento sobre o programa EB-5 e tê-lo no DHS é um passo importante para nossa indústria ”, comenta fundador e Executive Chairman da LCR Capital Partners, uma empresa que tem como foco principal auxiliar clientes na aplicação de Programas de Visto de Investidor, como E-2 e EB-5, para obtenção de residência legal nos Estados Unidos.

Como chefe do USCIS, Mayorkas implementou diversas mudanças que melhoraram significativamente a indústria EB-5, como a criação do IPO – Immigrant Investor Program Office, a contratação de profissionais mais experientes para analisar as petições de programas de visto de investidor, a publicação do primeiro EB-5 Policy Memo em 2013, a mudança de toda a equipe IPO da Califórnia para Washington, e a criação do departamento de supervisão Discretion Review Board.

Ele foi responsável por mudar o foco da agência que tinha um histórico de fiscalização (como o Immigration and Naturalization Service, ou INS) para ser uma agência de serviço. Ao afirmar seu compromisso com a cooperação e serviço interdepartamental, Mayorkas afirma que “o USCIS é uma agência que analisa petições . Esse é o seu papel. Quando eu tinha autoridade e responsabilidade, solucionei problemas nos casos que a agência era responsável. É meu trabalho me envolver, aprender os desafios que uma agência enfrenta, compreender esses problemas e corrigi-los, e foi isso que eu fiz.”

Como o novo secretário do DHS, Mayorkas traz consigo uma expectativa de maior profissionalismo e de que o tempo de processamento das petições seja mais rápido do que o que vimos em 2019 e 2020. A especialista em EB-5, Suzanne Lazicki, afirma: “O tempo de processamento de 18 meses no futuro é alcançável mesmo sem recursos adicionais – dependendo da gestão de recursos a ser implantadas.” No geral, a presença de Mayorkas e a expectativa de mudanças são positivas para o desenvolvimento do programa EB-5 e para a indústria de imigração nos Estados Unidos.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.