Mercado de Tecnologia nos EUA: oportunidades crescentes

Quem trabalha no setor de TI sabe: se inserir no mercado de tecnologia nos EUA é fundamental.

Não é à toa que muita gente dessa área vai estudar nos Estados Unidos, fazer uma pós graduação, participar de eventos e até buscar investidores para suas startups. É lá que se concentram as maiores das oportunidades para essa indústria.

Isso porque a indústria de tecnologia nos EUA cresceu muito mais rápido do que na maioria dos demais países. As gigantes do setor se concentram no país, assim como um grande número das startups e empresas de inovação mais promissoras desse setor.

O resultado pode ser comprovado no ranking das maiores empresas dos Estados Unidos: entre as 10 primeiras, 5 são de tecnologia. Sendo que 3 delas ocupam os três primeiros lugares: Apple, Alphabet (antiga Google) – ambas com faturamento superior aos U$S 100 milhões em 12 meses – e Microsoft.

Elas ficam na frente até mesmo da gigante do petróleo ExxonMobil.

Outras duas empresas nesse ranking são o Facebook, em oitava posição, e a Amazon, em nono lugar.

A Amazon teve um destaque especial pelo crescimento e lucratividade exorbitantes nos últimos meses. Osdados foram levantados pela Consultoria Euromática.

Investimentos em startups são os maiores em uma década

Essa prosperidade não é privilégio das grandes que estão vendo a prosperidade no mercado de tecnologia nos EUA.

Do lado da inovação e novos negócios, os investimentos em startups bateram recorde esse ano: apenas no primeiro trimestre de 2016, investidores americanos aplicaram nada menos do que US$ 12,1 bilhões em startups. O maior investimento desde 2001!

Apenas como referência, 2001 foi exatamente o ano da bolha da internet, quando os investimento nas chamadas “pontocom” foi exorbitante. E, ao que parece, a confiança foi restabelecida.

A tendência é que investimentos continuem nesse patamar acima de US$ 10 milhões por trimestre.

O que é uma excelente notícia tanto para quem quer fundar uma startup quanto para aqueles que esperam as novas grandes empresas inovadoras. É um sinal de que novas gigantes, como a Uber, estão surgindo em breve!

Carreiras em tecnologia: as melhores oportunidades estão nos EUA

O mercado aquecido significa também melhores oportunidades de trabalho.

E, nesse quesito, as oportunidades no mercado de tecnologia nos EUA têm destaque absoluto: a perspectiva é crescimento acima da média, tanto em número de postos de trabalho quanto em salários.

Segundo um levantamento divulgado recentemente pela Forbes, as oportunidades de trabalho nos EUA estão em curva ascendente após uma longa crise. Apenas no setor de TI, o número de vagas deve crescer 3,1% ainda em 2016 (dados do departamento de estatística do Ministério do Trabalho dos Estados Unidos)

Os salários não ficam atrás: uma pesquisa da ComputerWorld EUA mostrou que eles devem aumentar 3,9% para profissionais dessa área. Isso significa um aumento acima da média do mercado.

Não é a toa que a maioria das profissões mais promissoras e bem remuneradas dos EUA estão nas áreas de saúde ou de Tecnologias da Informação.

Quanto às carreiras mais promissoras, essas variam. Mesmo porque, novas necessidades surgem a todo momento. Mas alguns setores têm o crescimento certo, como Cloud Computing, Segurança, Big Data e outros.

Big data: uma área em crescimento nos EUA e no mundo

Nessa área, a perspectiva é tão boa que merece destaque!

Um estudo realizado esse ano nos EUA mostra que Big Data Analytics vai gerar 10 milhões de oportunidades de trabalho em todo mundo na próxima década , entre as diversas funções: engenheiro de dados, arquiteto de soluções, cientista e engenheiro de machine learning, entre outras.

Apenas nos EUA, os salários de profissionais do setor chegam a uma média de US$ 150 mil por ano – mais ou menos R$ 40 mil por mês!

O motivo? Imagine que as gigantes de tecnologia geram uma infinidade de dados sobre usuários a todo momento. Saber o que fazer e como trabalhar esses dados ainda é um desafio. E quem tiver as soluções não terá dificuldades de encontrar as melhores oportunidades nessas empresas.

Para preparar esses profissionais, algumas Universidades americanas já criaram cursos de graduação e pós-graduação específicos sobre Big Data, oferecendo qualificação cada vez mais especializada e atendendo em cheio o que as empresas demandam.

Entre as funções mais promissoras nessa área estão o Cientista de Dados e o Engenheiro de Dados.

 

Como aproveitar as oportunidades do mercado de tecnologia nos EUA?

A demanda por profissionais qualificados é tão grande que é possível sonhar com vistos de trabalho nos EUA para profissionais de TI estrangeiros.

Porém, aqueles que estudaram nos EUA saem na vantagem.

  • Local Certo: Nos EUA as universidades estão lado a lado com as gigantes da tecnologia, trabalhando em conjunto para promover inovações. A proximidade permite entender as principais demandas do mercado de tecnologia nos EUA e evoluir na mesma velocidade – o que, nesse setor, faz toda a diferença.
  • Network: ao estudar em uma universidade nos Estados Unidos, é possível fazer networking tanto com colegas quanto com pessoas dentro dessas empresas. Isso vai facilitar e muito na hora de conseguir um trabalho ou desenvolver uma ideia de negócio.
  • Status de trabalho: embora muitas empresas possam patrocinar o visto de trabalho H1B para profissionais estrangeiros, um cidadão americano ou um estrangeiro que já tenha o Green Card leva vantagem por ter uma contratação menos burocrática.

Por isso, se você pensa em investir em carreiras em tecnologia nos EUA, ou incentivar seus filhos a seguir esse caminho, o ideal é considerar essa possibilidade o quanto antes!

Entenda como obter o Green Card com o visto de investidor EB-5.

Se você quer mais saber mais sobre a LCR, entre em contato conosco e agende uma conf. Call com o nosso time de especialistas Brasil.

No Comments

Post A Comment