fbpx
 

Como investir nos EUA para tirar cidadania?

Você sabia que é possível investir nos EUA para tirar cidadania americana? É um dos benefícios do programa EB-5, que concede vistos de residência permanente para pessoas que aportam em um negócio no país, sob determinadas condições.

Após o período de 5 anos vivendo no país com o Green Card, você pode entrar com o requerimento para tirar a cidadania.

Ser um cidadão americano é, sem dúvidas, a melhor forma de se viver nos Estados Unidos, por todos os benefícios de ser considerado local, como a possibilidade de residência vitalícia no país, sem limitações de dias passados fora do país.

Saiba mais sobre o que a cidadania americana pode proporcionar.

Antes de se alcançar a cidadania, no entanto, é preciso viver legalmente no país. E os caminhos para conseguir vistos de residência nem sempre são simples. Por isso, o visto EB-5 é um dos caminhos mais rápidos para viver permanentemente no país.

 

Como funciona o visto EB-5?

O Programa EB-5 foi criado para facilitar o processo de imigração de pessoas com capacidade de fazer un aporte no país, gerando negócios e empregos locais.

Uma vez aprovado, você recebe o Green Card, permitindo a sua residência no país com cônjuge e filhos menores de 21 anos, usufruindo de toda a estrutura de trabalho, segurança e educação que o país oferece.

Para obter o Green Card como aplicante, você deve apresentar, junto com seus documentos e a petição, um plano de negócios que contemple os requisitos do programa.

Você pode optar por realizar um aporte “direto” ou através de um Centro Regional. E os valores do aporte podem ser de US$500 mil ou US$1 milhão dependendo da maneira e da área onde o aporte for realizado.

Entenda a diferença entre o aporte direto e aquele por Centros Regionais.

Por que optar pelos Centros Regionais?

Das possibilidades do EB-5, a mais prática e menos dispendiosa é o aporte através de centros regionais. Os centros ajudam a elaborar um plano de negócios já dentro dos requisitos do governo americano, acelerando o processo. Um bom centro regional também conta com uma equipe de especialistas, que ajudam a montar um plano de negócios com um bom potencial de retorno.

Você sabe como escolher um Centro Regional?

Mas uma das maiores vantagens do aporte via centros regionais é a liberdade de residir em qualquer lugar do país, sem a necessidade de participar na gestão do negócio que recebeu o aporte, ou sequer estar na mesma região. Na prática, a empresa será administrada por uma equipe de profissionais experientes, e você, com o seu Green Card, pode morar em qualquer lugar do país, sem deixar de lado a sua carreira atual.

A sua família também terá acesso a todos os benefícios de um residente permanente, como acesso a educação e a possibilidade de trabalhar em qualquer empresa, sem a dependência de uma delas como sponsor do visto. E, ao final de 5 anos, será possível entrar com o processo para tirar a cidadania nos EUA.

Que tipos de negócios recebem o aporte

Entre as exigências para o negócio que receberá os aportes via centros regionais, está a demonstração de que ele vai gerar e manter pelo menos 10 postos de trabalho no país.

Existem diversos tipos de negócios aceitos no programa EB-5. A LCR, por exemplo, trabalha com o projeto imobiliário Four Seasons Surf Club em Miami.

Além disso, a indústria de franquias no país é uma das que mais gera empregos.

Escolher um negócio com boas perspectivas de sucesso é especialmente importante porque, de acordo com a lei americana, para receber o Green Card, o aplicante deve fazer seu aporte sob risco – ou seja, não pode exigir nenhuma garantia de retorno. E escolher um negócio com excelentes perspectivas é a forma de mitigar esses riscos.

Quer saber mais sobre como realizar um aporte nos EUA para tirar cidadania? Veja o passo a passo para aplicar no programa EB-5.

No Comments

Post A Comment