fbpx
 

O que a cidadania americana me proporciona além do Green Card?

Você sabe as vantagens de conseguir a cidadania americana?

Já pensou alguma vez em tentar obter a cidadania americana? Se naturalizar como um cidadão dos Estados Unidos significa que, além de autorização para morar e trabalhar no país – que também é garantido pelo Green Card – você, de fato, passa a ter os mesmos direitos que um cidadão nascido nos EUA.

A cidadania dos EUA significa viajar por outros países com o mesmo passaporte e os mesmos benefícios dos americanos, gozando de todos os acordos internacionais que as pessoas que nasceram naquele país têm direito. Significa vantagens no próprio país. E, ao mesmo tempo, não é necessário deixar de ser brasileiro, já que o Brasil permite a dupla nacionalidade.

Já pensou o que mudaria se você fosse, de fato, um cidadão americano? Conheça as vantagens de quem tem essa cidadania.

Prioridade em aeroportos de países de primeiro mundo

Se você já viajou para Canadá ou países da Europa, por exemplo, provavelmente reparou nos privilégios que os americanos têm para passar pela alfândega. Já no aeroporto, as filas são separadas – e a deles anda bem mais rápido. Principalmente em países com problemas com imigração ilegal, como a Inglaterra, o passaporte americano faz bastante diferença.

Já sentiu uma pontinha de inveja deles, principalmente ao ver que teria que encarar horas na fila de “outros países”? A boa notícia é que você pode estar entre eles! Se a sua naturalização for aprovada, você passa a ser um americano nas fronteiras internacionais – e isso significa carregar o mesmo passaporte e passar pela mesma fila rápida pela qual quem nasceu nos EUA passa.

Se o passaporte dos Estados Unidos faz diferença em países que não requerem o visto de brasileiros, imagina aqueles que ainda pedem essa autorização prévia nos consulados? Com a cidadania americana, você também passa a ser dispensado de visto de turista para alguns países, como Canadá, Nova Zelândia e Japão – tornando essas viagens bem mais simples!

Facilidade de visto de trabalho temporário em outros países

Trabalhar em outro país, mesmo que temporariamente, é uma experiência incrível tanto para a carreira quanto para crescimento pessoal, não é mesmo? Os Estados Unidos têm acordos internacionais que viabilizam para que jovens possam trabalhar legalmente em outros países, pagando parte de suas despesas de viagens.

O programa chamado Working Holiday (trabalho de férias) geralmente tem foco em jovens de 18 a 30 anos, e permite que eles possam trabalhar legalmente em outros países por alguns meses, durante suas férias prolongadas. Esse tipo de programa não é comum no Brasil, já que nosso país não mantém esse tipo de acordo.

Já os Estados Unidos, atualmente, têm esse programa disponível na Austrália, Irlanda, Nova Zelândia, Singapura e Coreia do Sul. Já pensou você, ou seu filho, poder contar com uma oportunidade dessas?

Você não perde seu direito de residência

Uma das principais limitações de vistos de residência nos Estados Unidos é em relação a viagens internacionais. Dependendo do visto, é exigido que você permaneça no país sem viajar por determinado período de tempo, e as viagens mais longas requerem que você notifique às autoridades, com o risco de perder o visto. Algumas vezes, essas limitações significam natais longe da família e até perder oportunidades profissionais.

Uma vez obtida a cidadania americana, o seu direito de residir nos EUA é permanente, e você não corre o risco de perdê-lo mesmo que passe muito tempo morando fora. Também não precisa notificar suas viagens mais longas às autoridades, nem tem que permanecer longos períodos sem deixar o país: você será um cidadão permanentemente.

Seus parentes diretos têm facilidade de visto de residência

Imagine que seus pais estão envelhecendo e, em algum tempo, você vai começar a se preocupar se terá de deixá-los sozinhos no Brasil. Quem cuidaria deles? Mais do que isso, que tal contar com o sistema de saúde americano, disponível para eles ao alcance da mão?

Um cidadão americano tem facilidades para obter o visto de residência para parentes diretos – sejam pais ou irmãos menores de 21 anos – desde que seja o seu patrocinador, comprovando que tem condições de sustentá-los. Já os filhos têm direito a cidadania automática.

Embora quem tem um Green Card também possa tentar o visto de residência para pais, filhos e irmão, esse processo, além de mais demorado, tem um número limitado de pedidos por ano, o que reduz bastante as chances de sucesso.

Você será um cidadão americano, como as pessoas nascidas nos EUA

Uma vez naturalizado americano, você adquire exatamente os mesmos direitos de uma pessoa que nasceu naquele país, com a exceção de se candidatar a presidente da república.

O principal deles é o direito de votar nas eleições locais, o que vai ser importante depois de algum tempo vivendo nos EUA. Além disso, como cidadão, você tem direito a trabalhar em departamentos do governo e assumir cargos públicos, reservados somente a americanos. Também pode solicitar assistência federal, inclusive em questões legais ou em viagens ao exterior.

Saiba mais sobre a diferença entre o Green Card e a Cidadania Americana.

Como posso obter a cidadania americana?

O primeiro passo para solicitar a cidadania é ter o Green Card. Você também precisa ter vivido no país por pelo menos cinco anos, sem se ausentar por mais de seis meses, e ter permanecido no país por 30 meses consecutivos.

A maneira mais rápida de chegar a esse ponto é obtendo o visto EB-5. Outra opção é ser casado com um cidadão por pelo menos três anos, sem se ausentar por mais de seis meses, e permanecer no país por 18 meses consecutivos.

Para aplicar para o processo de naturalização, você precisa ser maior de 18, saber ler, escrever e falar inglês e ter conhecimentos da história dos EUA. Também não pode ter antecedentes criminais. A candidatura é feita via Departamento de Imigração Americano (USCIS). Os candidatos enviam um formulário e documentos, e passam por um teste de idioma e civilidade.

Quer saber mais sobre o EB-5? Entre em contato com a LCR!

No Comments

Post A Comment