fbpx
 

Alentejo: a maior região de Portugal

Situado no centro-sul de Portugal, entre o rio Tejo e o Algarve, o Alentejo é a maior região do país, ocupando 34,3% do território, constituída por 58 municípios e por 299 bairros (ou freguesias: um conjunto de ruas e casas, em que cada freguesia é representada por um órgão de poder que representa a Junta de Freguesia). A região é dividida entre as seguintes cinco sub-regiões: Alto Alentejo, Baixo Alentejo, Alentejo Central, Alentejo Litoral e Lezíria do Tejo.

A capital está localizada na cidade de Évora, sua maior e mais conhecida cidade, considerada a quarta região mais populosa de Portugal com aproximadamente 50 mil habitantes. Embora Alentejo seja a maior região do país, ela possui cerca de 700 mil habitantes, isso porque seu território é uma imensa planície recheada por pequenas cidades e vilarejos, além de propriedades rurais.

Um dos destinos mais procurados por estudantes e turistas quando se pensa em ir a Portugal, a região é considerada segura, muito receptiva e tem a característica da preservação do patrimônio histórico, cultural e arquitetônico. O litoral alentejano tem algumas das consideradas melhores praias do continente europeu, muitas delas com condições ideais para a prática de esportes náuticos.

Alentejo é a fusão perfeita do turismo de natureza e o turismo cultural. Um destino conhecido por possuir algumas das melhores vinícolas do país, vilarejos charmosos, excelente gastronomia, cidades históricas e belíssimas paisagens.

A sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo ganhou destaque no The New York Times e a região foi destacada pelo jornal nova-iorquino como um dos 52 destinos a visitar por viajantes que querem ser parte da solução para problemas como as alterações climáticas.

O nome Alentejo significa, em outras palavras, “além do Tejo”, pois a região está situada depois deste rio em relação a Lisboa. As estradas que cortam o Alentejo são tranquilas e as cidades esbanjam sossego, ideal para quem busca desfrutar de momentos de tranquilidade junto à natureza, sem abrir mão do conforto e modernidade. 

Agricultura e a pecuária são as atividades que marcam o perfil social e econômico da sociedade alentejana. As principais culturas são o trigo, o centeio, o girassol e o tomate, juntamente com as produções de cortiça, vinho e azeite. Nos últimos anos, as atividades relacionadas com o turismo têm se destacado na região, principalmente em Évora, por ser movimentada devido à beleza, ao grande número de atrações turísticas e de universitários que vivem na região.

Graças a investimentos na agricultura, no turismo e na internacionalização, o Alentejo tornou-se a quarta maior economia regional de Portugal, sendo a região com o terceiro maior rendimento de todas as sete regiões nacionais.

Caracterizada pelo clima temperado mediterrânico, ou seja, os verões são quentes e secos e os invernos chuvosos e suaves, a região se tornou o primeiro destino do mundo a ter a certificação “Starlight Tourism Destination”, que atesta a sua qualidade para observação de estrelas, já que os horizontes são belíssimos e limpos de poluição luminosa. O observatório perto de Évora está equipado com excelentes telescópios para ver a lua, os planetas e as estrelas de perto. Residentes e turistas podem aproveitar as atividades noturnas para observar estrelas, incluindo degustação de vinhos, piqueniques, canoagem e passeios a cavalo sob as estrelas. Além de diversas atividades para fazer durante o dia.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.